11 de novembro de 2013

Júlio Pinheiro e Diretores prestigiam 1º Encontro Estadual dos Funcionários do SINPROESEMMA

Organizar os Trabalhadores em defesa de direitos e valorização profissional. Esse foi o ambiente que predominou durante todo o 1º Encontro Estadual de Funcionários do SINPROESEMMA realizado no Sábado (9), das 12:00 ,às 18:00, na Sede Social do Sindicato, no Laranjal.

Júlio Pinheiro fala aos trabalhadores ao lado de Raimundo oliveira e Henrique Gomes 
O clima de festa no encontro criou um clima que misturou descontração e atenção por parte dos presentes áquilo que o SINTES, entidade que reúne os profissionais trabalhadores em entidades, tinha a apresentar aos trabalhadores e à Direção do SINPROESEMMA.

Com um quadro de pessoal que chega hoje a 56 funcionários, o SINPROESEMMA quer melhorar as condições de trabalho e valorizar mais. "São pessoas que trabalham conosco, estão no dia a dia da nossa luta, cada qual em sua função profissional, e por isso mesmo temos todo o respeito e carinho. Queremos o melhor para eles e vamos avançar ainda mais."., destacou Pinheiro em conversa com os trabalhadores.

São Vigilantes, Secreárias Administrativas, Motoristas, Recepcionistas, Serviços Gerais, Jornalistas e Radialistas distribuídos em todo o estado nas Sedes das 19 Delegacias Regionais do Sindicato e dos Núcleos Sindicais nos Municípios.

O Presidente do SINPROESEMMA, Júlio Pinheiro, acompanhado por Diretores da entidade compareceu ao evento e pode ali ouvir e também colaborar na formatação das demandas internas para garantir a satisfação dos funcionários como Plano de Cargos e Carreira, Plano de Saúde, e outros pontos reivindicados pela categoria.

Também prestigiaram o evento os diretores de Patrimônio e Recurso Humanos, Raimundo Oliveira, o Diretor Financeiro, Brussio Santos, o Diretor Jurídico Adjunto, Henrique Gomes e a dirigente regional de Açailândia, Professora Izabel.

Um comentário:

Dijé Fernandes disse...

Valeu Júlio Pinheiro pela iniciativa em vista do fortalecimento sindical e da valorização de seus profissionais. Dije Fernandes.