30 de abril de 2013

Flávio Dino defende ação conjunta das três bancadas legislativas


Durante a Jornada de Integração do Legsilativo promovida pela Assembleia Legislativa, o presidente da Embratur e ex-deputado federal afirmou que a atuação de todas as instâncias de poder devem estar harmonizadas em prol do Maranhão

Foto: Flávio Dino se reúne com prefeitos e deputados em Balsas

O presidente da Embratur, Flávio Dino, e uma comitiva de deputados fizeram visita de cortesia à Jornada de Integração Legislativa que aconteceu no último dia 27, no auditório da Unibalsas. O evento discutia formas de ação integrada entre os legislativos a fim de levar melhorias à população de todo o estado.

“Todos os esforços devem se voltar ao combate dos indicadores sociais que o nosso estado apresenta hoje. Precisamos reverter essa situação em que nosso estado aparece nas últimas posições nos rankings nacionais. E neste sentido, os Legislativos exercem papel importante, através da aprovação e votação de leis que de fato representem a população e os seus anseios”, reforçou Dino.

Flávio Dino, que foi deputado federal de 2007 a 2010, destacou o papel do Poder Legislativo e sua importância para o desenvolvimento do Maranhão. A participação ativa dos parlamentares na definição das prioridades do governo através de indicações e votação do orçamento é, segundo Flávio, fator primordial para que todos os atores políticos do estado atuem em prol do desenvolvimento.

Durante o evento, o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Arnaldo Melo (PMDB) assinalou que “processo fundamental para a troca de experiências, a troca de informações, o compartilhamento de ideias, que visam aprimorar o processo legislativo e a compreensão do sistema político brasileiro”.

Flávio Dino defendeu ainda que a Integração Legislativa deve envolver a bancada federal do Maranhão no Congresso, na Assembleia Legislativa e em todas as Câmaras de Vereadores dos 217 municípios para combater os principais problemas do Maranhão.

“Cada um dos parlamentares foi eleito para defender os interesses do povo do Maranhão. E nisto, o maior interesse é lutar contra os péssimos indicadores sociais: a má qualidade da educação, o sistema de saúde caótico e a crescente violência que se alastra pelo nosso estado. O Maranhão é um estado com imensos potenciais e não pode continuar amargando realidades tão trágicas,” argumentou Flávio Dino.

O presidente da Câmara de Vereadores de Balsas, Manoel Carvalho (PCdoB), principal articulador da presença dos vereadores no evento, também se pronunciou: “Essa iniciativa é importante para o esclarecimento dos vereadores quanto às estratégias para buscar recursos para o município, que anda muito carente investimentos por parte do poder estadual”.

Fonte: Redação Vermelho Maranhão

Artigo - Presidente do SINPROESEMMA, Júlio Pinheiro, fala sobre educação pública no Maranhão

Educação Pública de qualidade: a quem tanto incomoda?

Em reflexões sobre a educação pública no Maranhão, tentamos entender o porquê de tantas dificuldades, sem perspectivas de superação.

Os gestores públicos se encarregam de responder aos dados negativos do IDEB e do ENEM, no Maranhão, pondo culpa na ausência de recursos para a educação ou, muitas vezes, se negam a responder. É a classe política dominante, sempre de olhos vendados, por razões óbvias, para o caos na educação.



Se não há recursos é porque eles não chegam à escola, o que compromete, seriamente, a qualidade da educação. E por que não chegam? Muitas vezes ou quase todas as vezes os destinos são outros. E de forma pragmática, o governo do Estado, responsável pelos resultados da educação pública, se omite em fazer o debate democrático com a sociedade e sempre busca uma forma de escamotear a real situação.

Estamos às véspera da aprovação do Plano Nacional da Educação – PNE. Queremos 100% de recursos dos royalties do petróleo e 10% do PIB para a educação pública. Mas também queremos que o Maranhão possa viver sob a égide do seu Plano Estadual de Educação, como o principal indutor da política educacional no estado.

Vivemos a realidade do não existir. Hoje, não existe, na rede oficial de ensino, formação continuada para os professores, assim como também não há funcionários de escola, pois o último concurso foi realizado em 1992. Temos uma necessidade de 13 mil professores, mas o Estado recorre ao antigo método político, com fins eleitoreiros, da contratação precária. Escolas são fechadas, muitas estão inacabadas e outras funcionam em condições inadequadas, em vários municípios. Além de tudo isso, ainda tentam acabar com o ensino médio regular, à noite, em muitos municípios.

Da mesma forma, desobedecem à lei, pois já são mais de 15 anos que não se cumpre o Estatuto do Magistério, o qual, ao longo dos anos, sofreu ataques mortais, com a negação de direitos adquiridos dos trabalhadores da educação. É o caso das progressões, promoções e titulações, que para o professor ter acesso, somente com ação judicial.

Estamos todos, neste momento, encorajados, e concentrados na luta pela aprovação de um novo estatuto, o Estatuto do Educador, um sonho de mais de 40 mil trabalhadores da educação, representando mais de 50% do funcionalismo público estadual. Brava gente, brava categoria, pela vitória e por uma educação pública de qualidade pra todos e todas!

*** Júlio Pinheiro, professor e presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão – Sinproesemma

Coreia Popular reitera pedido para que EUA abandonem hostilidades

A República Popular Democrática da Coreia (RPDC) reiterou aos Estados Unidos para que o país abandone sua política de hostilidade e sua obsessão em desarmar o país, segundo publicou nesta segunda-feira (29) o jornal Rodong Sinmun.

CNN
Tanques sul-coreanos na fronteira

Tanques sul-coreanos na fronteira com a Coreia Popular, em base militar com forças dos EUA
"Enquanto Washington não abandonar sua política hostil anti-RPDC, não temos o menor desejo de dialogar com eles", informa o periódico.

"Nesse sentido, a nova linha do Partido do Trabalho da Coreia é desenvolver paralelamente a construção econômica e o das forças dissuasivas nucleares, sem que essas sejam objeto de negociações", informa o jornal.

"As supostas táticas diplomáticas e mesa de diálogo não passam de produto da obsessão dos Estados Unidos e seus seguidores para destruir a soberania da RPDC", conclui o jornal Rodong Sinmun.

Fonte: Prensa Latina

29 de abril de 2013

Vereador Carlos Hermes (PCdoB/ Imperatriz) denuncia o que pode ser uma velada ameaça de morte

O Vereador de primeiro mandato, Carlos Hermes (PCdoB/Imperatriz) denuncia o que seria uma velada ameaça de morte ao parlamentar.

A ameaça teria sido postada em um comentário de um Blog. 

Veja o que disse o vereador na sua página do Facebook.

ESTÃO NOS AMEAÇANDO DE MORTE!?

Hoje me ligaram dizendo que leram no blog O maior do mundo, uma ameaça de morte a mim e ao companheiro vereador Aurélio Gomes, para não me preciptar, peço que vocês leiam abaixo a nota e me digam se há ou não duplo sentido nas palavras do blogueiro sarnotucano ameaçador.
Antes que vejam, estarei levando o texto ao meu advogado que avaliará os encaminhamentos que deveremos tomar. Segue texto do blogueiro desprovido de inteligência que acha que pode me intimidar:

"Carlos Hermes e Aurélio do PT estão nos céus

Dupla dinâmica

Primeiro mandato dos dois paladinos da política Imperatrizense do momento, o transformaram em pop star, e até creio que os dois estão dando autógrafos e as menininhas estão soltando aqueles histéricos gritinhos de admiração e até desmaios de jovens admiradores em nossa cidade. Já falei, que os dois acham mesmo que podem transformar o mundo, porém, a qualquer, momento, eles vão viver uma triste realidade, hoje o mundo NÃO VIVE DE HERÓIS MORTOS. Todo herói só pode desfrutar das suas conquistas SE ESTIVER VIVO E BEM VIVINHO. Quando falo de o herói está vivo, eu cito vivo politicamente, pois até mesmo o PT do Lula e agora da Dilma se uniu, aqueles que antes eles chamavam de ladrões e nomes outros impronunciáveis. Carlos Hermes e Aurélio, vai devagar com o andor, que o santo é de barro. Não pensem em transformar o mundo, e antes deste mundo está transformado, vocês ficarem pelo o caminho, POIS SE PRECISAR O PRÓPRIO SISTEMA POLÍTICO ELIMINAM VOCÊS do caminho deles. Heróis, dupla dinâmica da nossa política, vocês para transformarem a nossa política SÓ SERVEM VIVOS politicamente e corretamente falando.
OBS: A alteração em caixa alta foi feita por este blogue para dar destaque ao pontos de maior dubiedade na ameaça.".

Observação do editor do Blog: O texto foi posto de maneira integral de acordo com a denúncia do vereador. 

Deu no iDifusora: "Associação denuncia fraude em convênio"

O Blog publica matéria veiculada no Portal Idifusora, de São Luís do Maranhão sobre "denúncia da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC) alertando sobre a fraude no sistema oficial e a possível articulação de outros órgãos no esquema.".

A matéria foi publicada no dia 26 de Abril como pode-se ver na imagem. 

A denúncia foi feita por representantes da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC) alertando sobre a fraude no sistema oficial e a possível articulação de outros órgãos no esquema. Além da imprensa, a APAC convocou o Ministério Público que só neste momento, tomou conhecimento da denúncia.

No dia 18 do mês passado, o Detran havia firmado parceria para desenvolvimento de um sistema integrado de fornecimento de placas semielaboradas e tarjetas automotivas. O convenio foi assinado pela governadora Roseana Sarney com a intenção de contribuir para a ressocialização dos internos que estão sob o método APAC e coibir a falsificação de placas automotivas.

De acordo com a portaria nº 1265/2011 do Detran-MA, é de responsabilidade da APAC o fornecimento de placas e tarjetas e ainda a utilização de mão de obra prisional, remunerada.


Confira nota oficial do DETRAN:

Em 18.03.2013, foi firmado com a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC), convênio, visando o desenvolvimento de um sistema integrado de fornecimento de placas e tarjetas automotivas, fornecimento de blanks e seu devido rastreamento, e serviços correlatos, tudo na forma da Portaria 1265/2011-DETRAN-MA e resoluções nº 231 e 372 do Conselho Nacional de Trânsito.

Esclarecemos ainda que o referido convênio, publicado no diário do dia 08.04.2013, é firmado entre o DETRAN-MA e a APAC – SÃO LUÍS, onde a mesma fica responsável pelo fornecimento das placas e tarjeta entre outras obrigações. O DETRAN-MA não possui nenhum contrato firmado com as Empresas mencionadas.

Os fatos narrados pelo Representante Legal da APAC, se verdadeiros, são graves, e foram surpreendentes, pois em momento algum foram trazidos ao conhecimento deste departamento. Cabe a APAC a execução do convênio e qualquer decisão tomada pela instituição, o DETRAN-MA consolidará.

Fonte: www.idifusora.com.br

Flávio Dino lota auditório durante seminário em Balsas

    
flavio dino balsas
Depois do sucesso do evento Diálogos pelo Maranhão nas ruas de Coroatá, o comunista Flávio Dino discursou para um auditório lotado no I Fórum Intermunicipal de Agricultura e Pecuária do Maranhão, realizado no Centro de Tradições Gaúchas de Balsas.

Plateia acompanha discursoO evento contou com a presença do prefeito de Balsas, Luiz Rocha Filho, e de diversas lideranças da região, como o prefeito de Buritirana, Vagtônio Brandão, o Secretário de Agricultura de Imperatriz, José Fernandes, o Secretário de Agricultura de Timon, Luiz Segundo, o Secretário de Agricultura de Balsas, Márcio Manga, o gerente do Banco do Brasil, Frank Célio, o gerente do Banco do Nordeste, Francisco Elder; além do diretor da Unibalsas e dono da Lavronorte, Márcio Honaiser.

O Ministério da Agricultura foi representado por Hélcio Botelho, o secretário executivo da pasta em Brasília.

O evento chamou atenção pela sua representatividade. Entidades sindicais, secretários dos municípios circunvizinhos, entidades religiosas e lideranças políticas do sul do Maranhão participaram do encontro para discutir o desenvolvimento da agricultura e pecuária do estado.

Platéia acompanha discurso durante fórum de agricultura.

Fonte: Blog Marrapá

Site 'Maranhão da Gente' repercute greve da educação no estado. Ouça entrevista com o Presidente do SINPROESEMMA, Júlio Pinheiro

O Site de Notícias "Maranhão da Gente" repercutiu entrevista do Presidente do SINPROESEMMA, professor Júlio Pinheiro, concedida à Rádio Educadora AM de São Luís do Maranhão.

O professor fala sobre o andamento da Greve da Educação no estado.

Ouça aqui a entrevista: http://www.maranhaodagente.com.br/sem-categoria/presidente-do-sinproesemma-esclarece-razoes-da-continuidade-da-greve-de-professores/


Fonte: http://www.maranhaodagente.com.br

Radialistas e FITERT denunciam "entidades fantasmas" que autorizam "falsos cursos" para formação de radialistas

A Fitert e seus sindicatos filiados vêm a público esclarecer que existe uma onda de entidades fantasmas apresentando falsos cursos para formação de radialistas em todo o território nacional. Assim, servimos-nos da presente para esclarecer que apenas as entidades regulamentadas na forma da lei e tendo os cursos para radialistas autorizados pelo Ministério da Educação (MEC) poderão fornecer esta oferta de capacitação profissional para o ingresso no mercado de trabalho da categoria dos radialistas.

Diante disso, informamos que os interessados devem procurar os sindicatos ou a Fitert para obter informações sobre escolas ou institutos que estão autorizados a promover formação de radialistas.
A Fitert e seus sindicatos filiados não aceitam formação de radialista à distância, pois entendemos que esta não capacita nenhum trabalhador para o pleno exercício da atividade de radialista conforme previsto na lei 6.615/78 e seus decretos.
Ademais, estas instituições (FEBRAR, ABLAP, CURSO DE RÁDIO), entre outras não têm autorização do MEC e nem do MTE para a finalidade de formação profissionalizante.
Informamos ainda que a Fitert e seus sindicatos filiados estarão fazendo o levantamento de pessoas que estão atuando no mercado de trabalho de radialista com registro profissional obtido através destas instituições para tomarmos as providências legais. 
Por derradeiro, queremos salientar que é importante que os profissionais radialistas denunciem pessoas com registros fraudulentos ou obtidos à revelia da legislação.
A Fitert vem lutando junto ao Ministério das Comunicações, o Ministério do Trabalho e Emprego e Ministério da Educação para a criação de cursos gratuitos para a formação de radialistas nos níveis médio (Curso Técnico) e superior (Radialismo ou RTV). 
Lembramos ainda que quem participa de situações fraudulentas comete também contravenção penal, falsidade ideológica e exercício ilegal da profissão.
FITERT – Federação dos Radialistas. 
Fonte: Diretoria Colegiada

Trabalhadores em Educação permanecem em greve e SINPROESEMMA divulga Agenda de Greve para a Semana

O SINPROESEMMA confirma a continuidade da greve por tempo indeterminado ou até que o governo do estado envie o texto do novo Estatuto do Educador para aprovação na Assembleia com a participáção dos trabalhadores.

A negociação avançou e o SINPROESEMMA confirmou no fim de semana que assim que dispor do texto deverá fazer esforço conjunto para análise por parte da direção e em seguida enviar para a categoria decidir se aceita ou não o que está proposto. 

O SINPROESEMMA já denunciou de que o governo quer retirar direitos como a redução da carga horária.

Trata-se de um direito histórico e que  há muito o Sindicato vem denunciando os intentos do governo em querer reirar o direito à Redução da Carga Horária, istoé, aquele direito que garante ao professor que completa 50 anos de idade e 20 anos de sala de aula a redução de sua carga horária em 50%. 

Isso já pipocou entre os trabalhadores e promete momentos de luta caso o governo queria insistir no ataque à retirada do direito.  

São Matheus, Imperatriz,São José de Ribamar Coroatá, Santa Inês, Bacabal, Viana, Timom, Caxias, Codó, Presidente Dutra, Pirapemas, São Luís e muitos outros estão em greve e reforçando o crescimento da greve. Algumas com 100% de paralisados e outros com metade ou realizando operação tartaruga dentro das escolas.
 
Abaixo o link para a Agenda Geral da Greve Geral da Educação disponibilizada pela Assessoria de Comunicação do SINPROESEMMA.


https://www.facebook.com/photo.php?fbid=501104133271482&set=a.243198365728728.54276.227394627309102&type=1&ref=nf

28 de abril de 2013

Entrevista - Walter Sorrentino, Secretário Nacional de Organização do PCdoB: "O Flávio representa a maior prioridade para o PCdoB nacional. A eleição do Maranhão empenha todas as energias do partido, todo o prestígio e a força política do PCdoB nas negociações com as forças aliadas."

Walter Sorrentino, secretário nacional de Organização do PCdoB, tem confiança na união de forças nacionais para apoiar a candidatura de Flávio Dino (PCdoB) em 2014. “O Brasil inteiro, as forças democráticas e progressistas torcem por ele,” afirmou. Em entrevista ao Portal Vermelho, Sorrentino confirmou que a candidatura de Flávio Dino é prioridade para o partido e falou de articulações nacionais para agregar ainda mais partidos em torno do projeto de mudança no Maranhão.

Sorrentino veio esta sexta (26) a São Luís para finalizar uma série de reuniões ocorridas por todo o Brasil para organização de estratégias para as eleições de 2014. No Maranhão, discutiu com lideranças locais e também dos estados do Pará e Amapá as estratégias de atuação do PCdoB no período que antecede as disputas nacionais em 2014.

Confira abaixo a entrevista completa concedida ao Portal Vermelho:

Como o PCdoB nacional encara o crescimento da sigla no Maranhão?

O Maranhão é o PCdoB que mais cresce no Brasil e é uma perspectiva importantíssima para o povo daqui encerrar essa fase oligárquica da política do Maranhão, que condenou o estado a um atraso muito grande e também as condições do seu povo. E é uma alegria muito grande para o partido encabeçar essa perspectiva com o nome de Flávio Dino, uma liderança que tem expressão nacional. O Brasil inteiro torce por ele: As forças democráticas, progressistas do país. Então é natural que o partido esteja crescendo muito porque representa a esperança para o povo. Isso é uma felicidade pro partido, por estar nesse papel, por ajudar o povo do Maranhão a superar esses anos de estagnação econômica e social.

Quais são os projetos do partido nacional para o Maranhão?

O Flávio representa a maior prioridade para o PCdoB nacional. A eleição do Maranhão empenha todas as energias do partido, todo o prestígio e a força política do PCdoB nas negociações com as forças aliadas, a começar do governo Dilma e as forças que podem se aliar a nós.

É um projeto encabeçado pelo Flávio aqui no Maranhão, mas que tem todo o empenho da direção nacional. Nos reunimos esta semana com o Flávio e a direção estadual do PCdoB e asseguramos esse interesse total e força total do PCdoB nacional nesse projeto.
É uma condição que precisa fortalecer junto às forças aliadas com o PCdoB, porque no nosso modo de ver, governar é partilhar responsabilidades e benesses, no sentido de todas essas forças se fortalecerem. Esse é o nosso jeito de fazer alianças e é isso que vamos colocar para as nossas forças aliadas.

Naturalmente buscamos o fortalecimento também por outras vias, com a eleição de deputados estaduais e deputados federais, que vão ajudar o partido a se fortalecer nacionalmente.
A nossa constatação é de que o país precisa, não só o Maranhão, mas que o país inteiro precisa de uma nova arrancada pelo desenvolvimento e isso exige que se superem alguns nós da economia e se mantenha uma ampla base de sustentação ao governo para a reeleição da Dilma, mas com um núcleo de esquerda. É preciso que as forças de esquerda se fortaleçam. Esse é o projeto do PCdoB e é isso que nós esperamos também no Maranhão.

Essas negociações nacionais já estão em andamento?

Nós precisamos atrair o maior número de forças para a renovação do Maranhão, os diálogos para o desenvolvimento do Maranhão. É um projeto das forças anti-oligárquicas para alinhar o Maranhão com o que acontece no Brasil depois da presidência de Lula e Dilma. Neste fim de semana, se ultima uma série de reuniões com os 27 estados do Brasil em que estamos fazendo um mapeamento do nosso projeto eleitoral para 2014 e também preparando o 13º Congresso.

Com esse mapeamento, nós pretendemos sentar com as forças aliadas da base de sustentação de Dilma e apresentar as nossas considerações, esperar o apoio, apoiarmos outras forças em outros estados. Então, sim, esse processo já começou. Isso já foi conversado com o PT e com a própria presidenta Dilma e as negociações estão em curso. Esse é um grande pleito do PCdoB nacional, que a gente possa unir essas forças aqui no Maranhão com o concurso da base de sustentação.

E qual a avaliação sobre o andamento das negociações até o momento?

Há muita compreensão de que Flávio hoje é uma liderança nacional. Não só do PCdoB, mas no Congresso, apesar dele não ser mais deputado federal; no governo, onde ele ocupa a presidência da Embratur. O Flávio Dino é falado no Brasil todo, é uma liderança que extrapolou o Maranhão e o que você mais ouve das forças aliadas é que a hora é de Flávio Dino.

Há uma percepção de que a chance de vitória dele é muito grande e a perspectiva dele ser o próximo governador é muito grande. Isso cria a expectativa dessas forças estarem unidas. A sensação que a gente tem é que a maior parte dessas forças não quer estar separada deste momento, que é uma mudança de era. As próprias lideranças do governo e do PT reconhecem isso. Mas é um jogo político que está em curso e cuja resultante não se pode antecipar.

Caso o PSB tenha candidato próprio à presidência com o Eduardo Campos e Dilma Rousseff concorra à reeleição, como ficaria o palanque do PCdoB no Maranhão?

O PSB é uma grande força nacionalmente e no Maranhão, é um partido prestigiado, cresceu muito nas eleições e tem uma liderança muito experimentada, que é o Eduardo Campos, que partilhou conosco esses momentos todos de um novo Brasil com os governos Lula e Dilma. É natural e legítimo que os partidos aspirem uma candidatura presidencial.

Nós acreditamos que o problema no Maranhão adquira uma certa especificidade, pois põe em questão uma mudança de era contra a oligarquia e isso alia o Brasil ao Maranhão. Acredito que, se for confirmada a candidatura do Eduardo Campos, que ainda não é confirmada, as forças saberão se entender no sentido de colocar a unidade para o Maranhão.

Mesmo que haja vários palanques nacionais, de apoio a Dilma, de apoio ao Eduardo, a unidade em torno do Maranhão continuará, porque é o estado em que restou mais retardado na renovação que aconteceu em todo o Brasil. Portanto, não vejo problema nisso. É uma questão que as forças saberão compor uma engenharia política que resguarde os interesses da unidade do Maranhão em torno de Flávio Dino e as diferenças em torno de, eventualmente, candidaturas diferentes a presidente.

Fonte: Entrevista concedida à Jornalista Priscila Lobregatte do Portal Vermelho ( www.vermelho.org.br )
com Redação: Vermelho / Maranhão

27 de abril de 2013

SINPROESEMMA denuncia que Governo quer acabar com a redução da jornada para professores com mais de 50 anos

Na negociação do texto do Estatuto do Educador, um dos pontos de divergência entre o governo do Estado e o Sinproesemma é o artigo que trata da redução da jornada de trabalho dos professores que completarem 50 anos de idade e mais de 20 anos de serviço na rede. O governo é irredutível quando o assunto é a redução da jornada.
 
A proposta que resultar da negociação será submetida às assembleias regionais que serão realizadas a partir da próxima semana. Segundo o presidente do Sinproesemma, Júlio Pinheiro, somente as assembleias dos trabalhadores poderão decidir se aceitam ou não o texto em negociação e se suspendem ou não a greve na rede estadual de educação, que teve início na última terça-feira e continua por tempo indeterminado.

Nesta quinta (25) e sexta-feira (26), os diretores do sindicato realizaram várias reuniões de avaliação da greve e do andamento das negociações com o governo, na sede da entidade, em São Luís..s

fonte: www.sinproesemma.org.br

Func apresenta modelo de contratação das atrações da temporada junina em São Luís

 

O presidente da Fundação de Cultura (Func), Francisco Gonçalves, apresentou ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior o modelo de contratação das atrações para o São João 2013. Diferente dos anos anteriores, onde existia apenas uma lista de cadastro e não haviam critérios específicos, este ano será aberto edital para contratação dos grupos que irão se apresentar através do processo de chamada pública.

"A chamada pública estabelece transparência e assegura que todo o cidadão possa apresentar seu pleito para a Prefeitura de São Luís e também permite que este cidadão fiscalize e acompanhe o processo. Ao mesmo tempo, esse procedimento irá fornecer novos dados para que possamos ampliar o apoio a ser oferecido nos próximos anos", explica o presidente da Func.

O modelo de contratação será apresentado a artistas, produtores culturais, entidades e grupos juninos na tarde desta sexta-feira (26), às 14h, no auditório da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), localizado à Rua da Estrela, 472, Praia Grande. Na ocasião, todos os envolvidos na realização das festas juninas terão a oportunidade de debater ideias com a Func.

Os editais para a contratação das atrações será lançado na próxima semana, quando será anunciada a quantidade de grupos que serão contratados. Cada edital abrirá inscrição por tipos de apresentações, como bumba-meu-boi, cacuriá, dança portuguesa, entre outros. O São João 2013 está sendo desenvolvido em conjunto entre a Func e as secretarias de Turismo (Setur) e Comunicação (Secom).

PLANO MUNICIPAL DE CULTURA

Durante a explanação desta quinta-feira sobre o São João 2013, o presidente Francisco Gonçalves também apresentou as linhas gerais do Plano Municipal de Cultura. "O aspecto fundamental é reorganizar o sistema de cultura e ao mesmo tempo estabelecer uma rotina de planejamento na área cultural", destacou Francisco Gonçalves.

Estiveram presentes na reunião o vereador Roberto Rocha Júnior (PSB); o secretário de Assuntos Políticos, Osmar Filho; o secretário de Comunicação, Márcio Jerry; o secretário de Representação Institucional no Distrito Federal (Semai), Márcio Jardim; o presidente da Central Permanente de Licitação (CPL), Orlando de Abreu Mendes; representantes da Setur e assessores da Func.
Fonte: Secom - São Luís/Ma

26 de abril de 2013

UFMA realiza hoje, 16h, no Auditório Central, no Campus do Bacanga, palestra com astronauta da NASA


A Universidade Federal do Maranhão recebe hoje, 26, a partir das 16h, no Auditório Central, no Campus do Bacanga, o professor da NASA, Tom White para proferir palestra sobre o ‘Programa Space Camp’, da NASA.

Tom White é astronauta e Diretor de Extensão da Space Camp Nasa/ Alabama / USA, campo de visitação da NASA aberto ao público e local em são desenvolvidos inúmeros projetos relacionados com a área espacial. 

É no Space Camp onde se aplicam os saberes das áreas interligadas ao espaço e a astronomia. 

O projeto iniciou em 1982 e já atendeu mais de 500.000 campistas. É direcionado para os educadores, para expertos em aeronáutica e aos astronautas veteranos. 

No Brasil, este projeto está sendo divulgado apenas em dois estados: São Paulo, que ocorreu de 23 a 25 de Abril e no Maranhão, hoje, 26, em São Luís, com uma extensa agenda de palestras e programas, além de reuniões com autoridades.  

O Público alvo são alunos da Educação Básica e acadêmicos que se interessem pela área. 

O projeto estará em Alcântara amanhã, sábado, 27.

A entrada é gratuita.

25 de abril de 2013

Greve da educação continua e resultado da negociação será submetido ao debate e à avaliação das Assembleias Regionais a partir da próxima Segunda-Feira, 29

Terminou nessa 5ª Feira o prazo de avaliação do texto do Estatuto do Educador e da pauta de reivindicações que levou os trabalhadores da rede pública estadual de educação à greve, por tempo indeterminado, desde a última terça-feira (23).
Hoje a tarde a Direção do SINPROESEMMA recebeu da Comissão Paritária nova proposta a ser analisada pela categoria. 
A Direção já iniciou a análise do texto que deve ser encaminhado para a base decidir se continua ou suspende a greve.
Saiba mais sobre a greve da educação 2013 nos links abaixo:

A avaliação do texto do estatuto é feita por uma comissão composta de diretores do Sinproesemma e de representantes do governo do Estado, um encaminhamento da audiência pública, realizada na Assembleia Legislativa, na última segunda-feira (22), uma forma de resolver o impasse gerado pelas alterações feitas pelo governo no texto negociado com o sindicato, no ano passado.
Segundo o presidente do Sinproesemma, Júlio Pinheiro, a greve vai continuar , em todos os municípios do Maranhão e o resultado da negociação, que deve encerrar nesta quinta-feira, será submetido ao debate e à avaliação das assembleias regionais, que serão realizadas na próxima semana, a partir de segunda-feira (29).
“As assembleias deliberaram a greve e somente as assembleias podem avaliar o andamento do movimento grevista, com base no resultado dessa negociação. Por enquanto, a greve vai continuar, enquanto não tivermos o texto negociado para votação na Assembleia Legislativa”, ressalta o presidente.
Fonte: www.sinproesemma.org.br

Vereador Carlos Hermes (PCdoB/Imperatriz) denuncia tentativa da Câmara Municipal em cassar mandatos de vereadores da oposição

O Vereador Carlos Hermes (PCdoB) de Imperatriz denuncia tentativa de cassar o mandato dos vereadores que fazem oposição ao prefeito Madeira em Imperatriz.

A mensagem foi postada pelo próprio vereador Carlos Hermes na sua página no facebook.

O Blog tentou contato com o Vereador e professor Carlos Hermes mas o telefone do parlamentar cai na caixa postal.

Tudo indica que a reação da Câmara dá-se em função da combatividade do mandato do vereador Carlos Hermes e dos outros vereadores.

Muito grave a situação. O blog deve continuar acompanhando para denunciar manobras desse tipo que só ferem o estado democrático de direito.

Veja o que disse o vereador.

"QUEREM CASSAR O NOSSO MANDATO POPULAR

Ontem não compareci à sessão da Câmara Municipal por preferir estar nas ruas em ato público dos professores e estudantes em apoio à greve. Ainda durante o ato público na Praça de Fátima fiquei sabendo que alguns vereadores da base do governo estão propondo a criação de uma Comissão de Ética para cassar o nosso mandato popular por quebra de DECORO PARLAMENTAR.

Ora, eu saiu em defesa dos trabalhadores, eles votam contra os educadores e servidores da saúde e trânsito e eu é que tenho que ser cassado!?

Estou ansioso por essa Comissão de Ética, quero ter a oportunidade de discutir ética com certos edis. É claro que tenho certeza não se tratar da maioria dos colegas."

Trabalhadores em Educação do estado chegam hoje ao terceiro dia de greve geral com caminhada pelas ruas de São Luís e são recebidos pela polícia de Roseana



No terceiro dia de Greve Geral da Educação os professores, professoras, funcionários de educação e especialistas concentraram-se hoje pela manhã  na Praça Deodoro e saíram em caminhada pelo centro de São Luís. 

Centenas de trabalhadores agitaram bandeiras, cantaram hino nacional, levantaram cartazes e com um ‘apitaço’ percorreram as ruas do Centro cobrando da Governadora do Estado a aprovação do novo Estatuto do Educador. 


Único estado a por a polícia militar para tentar calar os educadores, a certa altura da caminhada no cruzamento entre ruas do centro histórico os professores e professoras foram barrados pela ação da Polícia que barrou o carro de som do sindicato informando aos professores que a partir dali o carro de som não poderia seguir na caminhada.

Munidos de sentimentos de luta e de dever cívico, os trabalhadores não se intimidaram e seguiram adiante rumo ao Palácio dos Leões onde se encontrava a Governadora.

A surpresa foi ainda maior na casa do governo quando os professores se depararam com forte esquema de segurança, com isolamento das ruas, policiais do batalhão de choque, policia motorizada e até cavalaria.

Os professores protestaram em frente ao Palácio pela falta de sensibilidade da governadora em sequer receber os trabalhadores. 


Revoltados mas seguros e conhecedores de seus propósitos os professores e professoras, liderados pelo SINPROESEMMA, desceram as escadarias e firmaram ponto na Beira Mar momento apoteótico em que pararam o trânsito e registraram nas falas exaltadas a indignação com a truculência do governo. 

Negociação

Com a greve na rua os trabalhadores evitaram o mal maior que era o envio para a Assembleia Legislativa do texto unilateral do governo que havia sido mutilado e que os trabalhadores não aceitavam. 

Foram reabertas novas negociações e um grupo de trabalho envolvendo Diretores e técnicos do SINPROESEMMA e técnicos do Governo foi criado para tentar até o final do dia de hoje, 25, ou no mais tardar amanhã, 26, apresentar novo texto para a Direção do Sindicato e a partir daí a própria Direção encaminhar para apreciação e aprovação ou não da categoria.

O presidente do SINPROESEMMA, Professor Júlio Pinheiro, enfatiza que “A greve continua até o governo e os trabalhadores chegarem a um texto que represente os anseios de mais de 40 mil trabalhadores do Maranhão.”. 

Ainda segundo Pinheiro, “A categoria negocia com o governo em greve a espera de uma posição final que contemple o que deseja a categoria dos profissionais da educação do estado.”.   
        

SINPROESEMMA e CNTE constróem Greve Geral da Educação no Maranhão e denunciam ação de bandos contrários à greve dos trabalhadores

O Blog acompanha de perto a movimentação dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação do Estado com a decretação da Greve Estadual da categoria pela aprovação do novo Estatuto do educador.

A Greve foi recebida pelos trabalhadores de maneira muito positiva e é liderada pelo SINPROESEMMA tendo à frente o jovem professor de História, Júlio Pinheiro.

No entanto, no submundo da greve assombra a postura canalhesca de grupos minoritários intolerantes que operam o tempo inteiro contra a opinião da maioria dos trabalhadores. Dissimulam a linguagem para tentar se aproximar dos trabalhadores, mas na verdade trabalham para derrotar a greve.

Acompanhe posts anteriores.

http://domardenramalho.blogspot.com.br/2013/04/professores-e-professoras-querem.html

http://domardenramalho.blogspot.com.br/2013/04/enquanto-o-pstu-e-o-mrp-operam-contra.html

http://domardenramalho.blogspot.com.br/2013/04/greve-geral-na-educacao-comeca-dia-23.html


Nem aí para o verdadeiro debate sobre a educação pública, e especificamente sobre o estatuto do educador, atuam desde o início da greve _ ou até antes _ para desconstruir o caminho trilhado pela categoria nos últimos anos, liderados pelo sindicato de representação de classe, o SINPROESEMMA.

O Secretário Executivo da CNTE, Odair José denunciou em Assembleia Regional que essa ação “chega a ser criminosa”, na medida em que não se trata apenas de uma opinião política, mas em muitos casos, é ataque pessoal com mentiras grotescas aos diretores de sindicatos como o SINPROESEMMA ou mesmo APEOESP (São Paulo) e de entidades como a CNTE.

Rejeitados pela imensa maioria da categoria, ficam nervosos, xingam e revoltam-se quase sempre com neuroses repentinas, levando-os sempre a entrar em parafuso para em seguida surtar.

O resultado disso é o que vemos no veneno destilado pelo grupo: discurso vazio, sem sentido algum no mundo real e completamente inseguro. Em síntese: fora da realidade.

Outro desenlace prático é que pela ação do grupo que atua há anos ao invés de crescer, diminuíram e não conseguem ultrapassar sequer a ponte do estreito dos mosquitos. Definham a cada dia. Reduzem-se hoje aos cada vez mais raros militantes sem causa lotados em São Luís e restritos a grupos isolados nas Redes Sociais.
O presidente do SINPROESEMMA, PROFESSOR Júlio Pinheiro, conhece muito bem essa gente e aproveitou hoje, após o lançamento da ‘Campanha Educação Pública eu apoio’, para dar uma tremenda bronca nessa turma, criticando a irresponsabilidade e a postura claramente divisionista para prejudicar os trabalhadores e o SINPROESEMMA.

Calaram-se e, de fininho, saíram do Auditório da Associação Comercial, desorientados, pois a mesma greve que eles insistem em desconstruir aliados direta ou indiretamente com o governo Roseana Sarney, já está entrando no seu terceiro dia e crescendo nos municípios.

A Secretária Geral do SINPROESEMMA, Professora Janice Nery, denunciou que parte do bando teria se referido a ela com palavras absolutamente intolerantes como “égua bacabalense” (a professora Janice é de Bacabal), ou ainda insinuações sobre a sexualidade da professora .

Acionados na justiça, não conseguiram provar o que disseram e foram condenados em primeira instancia. Recorreram da decisão e tudo indica que perderão quantas vezes recorrerem.

Não é de hoje a ojeriza que eles têm com o pessoal do ‘interior do estado’. O Blog teve acesso a fitas que expõem a forma degradante e desonesta com que são tratados os trabalhadores dos municípios para além da capital.

“Isso não é postura de professor e não é postura sequer de algo que se auto define ‘oposição’. E vamos denunciar isso.”, disse a professora que se sentiu agredida de todas as formas e afirma que vai até o fim para repor a verdade e a agressão sofrida.

A greve chega hoje a seu terceiro dia.

Nesse momento os trabalhadores estão concentrados na Praça Deodoro, em São Luís, onde realizam ato político com os trabalhadores, mantendo contato com a sociedade e podem sair a qualquer momento em caminhada até o Palácio dos Leões, sede do Governo do Estado.